Início ATIVIDADES Recomeço

Recomeço

396
Compartilhe

Escrevi meu primeiro conto aos 12 anos. Eu gostava de escrever sobre qualquer coisa, romance, aventura, drama, suspense e até terror. Na escola, sempre tirava dez em Redação. Os professores adoravam o que eu escrevia e todo mundo elogiava meus contos.

Chegou a hora de recomeçar.
Chegou a hora de recomeçar. Foto: Reprodução

No Vestibular que fiz para cursar Letras na UFPA, tenho certeza que só passei por causa da redação. Depois, mudei para Publicidade e Propaganda porque achava que poderia trabalhar com Redação Publicitária numa boa. Aliás, meu TCC, que tinha monografia, foi uma das coisas mais legais da faculdade. Eu achei o máximo fazer aquilo.

Depois que sai da faculdade e fui me aventurar no mercado de trabalho, pensava “Meu Deus, vou arrasar nas agências”. Claro que me enganei, né mores. Redação em Publicidade é outra história. É algo que exige que você condense todas as ideias em apenas uma frase. É preciso ser criativo e conciso. Não é para qualquer um. Não foram experiências legais e eu decidi que aquilo não era pra mim. Meu negócio é escrever mais que 30 linhas.

Para superar meu “fracasso” profissional como redatora publicitária, decidi que ter um blog seria um caminho bom para manter a prática. Esse blog, o Só Vim Pra Escrever, nasceu em 2009 e eu o usava meio como válvula de escape. Nessa época eu tinha voltado a morar em Marabá, cidade que nasci e morei até os 19 anos. Na minha cabeça aquele era um super atestado de “sou uma adulta que não deu certo” e confesso que estava vivendo uma das fases mais deprimentes da história da minha vida. Nesse sentido, o blog foi bem legal durante um tempo, pois me ajudou a desabafar sobre um tanto de coisas que me deixava chateada e de certa forma, me impediu de surtar. Preciso dizer também, que o blog contribuiu para que rolassem algumas tretas. Eu escrevia em um tom muito pessoal e claro, eu falava da minha vida ali. Teve gente que se chateou ou se sentiu exposto, não foi legal. Isso me deu uma boa broxada, confesso.

O Só Vim Pra Escrever foi ativamente atualizado até metade de 2012. Em paralelo eu já estava me dedicando a sites que eu acreditava ter uma proposta bacana e que tinham uma boa visibilidade. Em 2011, comecei a escrever para a Obvious, parceria incrível que rolou até 2014. Também em 2011, comecei aqui no Ativar Sentidos, o Edvando me pescou no Twitter. Nessa época eu estava envolvida com o SVPE, Obvious, Blog do Roma (com quem tive uma breve parceria) e a princípio, recusei o pedido do Ed, mas depois não pude deixar de topar, afinal a proposta do AS é, e sempre foi, algo que tem muito a ver comigo. Nesse período também rolaram as parcerias com o Yahoo! e com o site Wall Street International. Me diverti muito escrevendo para o Yahoo! e lamento que tenham encerrado o projeto em 2014. Era meio pauleira escrever para esse tanto de gente, mas eu dava conta e era prazeroso.

Eu tive a oportunidade de ter contato com públicos diversos, com temas variados e uma relação com a escrita que me amadureceu muito no sentido de “o que exatamente eu quero falar”, de como lidar com o leitor e a filtrar bem elogios e críticas. Enfim, foram experiências muito benéficas não apenas para a como escritora, mas para a vida mesmo.

Infelizmente, de uns tempos pra cá eu não tenho mais tanta vontade de escrever, parece que não flui. Tudo se torna um impedimento para que a criatividade reencontre seu lugar. Eu sigo letárgica, sem brilho nos olhos quando me indicam algum tema. Nada vem me animando nesse sentido. E eu sei que no fundo, escrita é uma questão de prática. Sem ela não tem criatividade que ajude. Mas não faz muito tempo, fiz uma consulta com uma taróloga (as vezes me aventuro nessa prática) e foi legal porque ela me disse que eu tinha um projeto parado que eu precisava retomar urgente. Coisa de vida ou morte! Brincadeira… Mas foi um toque pra mim, sabe? Poxa, eu amo escrever, então, por que não voltar afinal?

De todos os sites que eu escrevia o único que ainda mantenho uma frequência, que, diga-se de passagem, é bem capenga, é aqui no AS. Eu já ensaie retomar meu blog várias vezes, inclusive estou até reformulando o layout para ver se me animo a voltar de vez. Acho que agora sai e daí eu vou conseguir retomar o ritmo que tinha antes.

Enfim, esse é o meu 60º texto aqui no Ativar e estou escrevendo para comemorar e também para estabelecer um ponto de partida para que eu recomece e me reencontre entre caracteres e as páginas em branco do meu saudoso Word.

Compartilhe
AnteriorSobre o Olhar
PróximoAlém da Muralha
Gabriela Silva, mais conhecida como Petit Gabi é uma paraense que já morou em algumas cidades, mas que encontrou seu porto seguro em São Paulo. Uma redatora que adotou a escrita como hobby. Amante de livros, gatos, Chico Buarque...