Início AUDIÇÃO Mini-documentários | Que Bloco é Esse?

Mini-documentários | Que Bloco é Esse?

116

Dando seguimento aos lançamentos do Projeto “Que Bloco é Esse?, da Petrobras, apresentamos mais 2 encontros musicais reunindo artistas do mundo pop com os tradicionais blocos afro. E também os 2 primeiros mini-documentários que foram publicados sobre a história desses blocos.

O primeiro mini-documentário do projeto conta um pouco da história do mais belo dos belos, como é conhecido o Ilê Aiyê. Um dos primeiros grupos a dar uma conotação política ao Carnaval de Salvador e é, até hoje, um dos grandes responsáveis pelo fortalecimento da identidade e do orgulho negro, mantendo viva a história de nossas raízes através da música e do som dos seus tambores.

“Antes eu queria ser invisível, antes eu me vestia com cores que não me destacavam como mulher, agora tudo mudou. Eu passei a querer ser vista sim, meu cabelo eu queria que ele me valorizasse…”, palavras de Lucimar Cerqueira – Deusa do Ébano 2011, em depoimento emocionante.

Assista o mini-documentário sobre o bloco “Ilê Aiyê”:

» Muzenza

Inspirado no legado afro-jamaicano, o bloco Muzenza nasceu em 1981 na Ladeira de São Cristóvão, no bairro da Liberdade. O nome do bloco é um termo de origem Batum Kikongo, equivalente à Iaô (figura feminina da religiosidade africana) da nação Nagô. O Muzenza foi um dos primeiros blocos a introduzir o samba-reggae no Carnaval da Bahia.

Confira o segundo mini-documentário sobre a história do bloco e o encontro musical com a banda Nação Zumbi, que traz no sangue toda riqueza cultural do mangue beat, a bordo da música “Guerrilheiros da Jamaica”. Vem com a gente descobrir que bloco é esse!

Assita o mini-documentário sobre o bloco “Muzenza”:

Confira o clipe da música “Guerrilheiros da Jamaica”:

» Malê Debalê

Fundado em 1978 por um grupo de moradores do bairro de Itapuã, o bloco Malê Debalê, cujo nome homenageia os negros muçulmanos que lutaram contra o processo de escravidão e constituíram uma comunidade de resistência ativa na Bahia, tem na percussão e na dança um elo forte com a tradição cultural afro, sendo considerado o maior balé afro do mundo.

Foto retirada do site oficial do Projeto “Que Bloco é Esse?”.

Em +1 encontro musical promovido pelo Projeto “Que Bloco é Esse?”, que pretende valorizar e resgatar a verdadeira história do carnaval da Bahia e da nossa cultura – o Malê Debalê se encontrou com o rapper Emicida em seu tradicional ensaio de Carnaval na Lagoa do Abaeté, Salvador.

Confira o clipe da música “Malê a Insurreição”: