Compartilhe
Artistas da nova MPB.

Originário da Bossa Nova, na década de 60, a MPB, expressão derivada de Música Popular Brasileira, é um gênero musical que surgiu da fusão daqueles que defendiam a sofisticação musical e aqueles que lutavam pela fidelidade às raízes da música brasileira. Durante o golpe de 64, os propósitos desses dois grupos se uniram em uma ampla frente cultural contra o regime militar, tornando a sigla MPB em uma bandeira de luta.

Graças aos vários festivais de música na televisão, ocorridos durante os anos 60, a MPB teve um considerável impacto no cenário cultural. Grandes nomes que fizeram história no Brasil surgiram durante esse período musical, como Elis Regina, que inclusive é associada ao início de fato da MPB, por sua interpretação de “Arrastão” de Edu Lobo e Vinícius de Moraes em 1965, no I Festival de Música Popular Brasileira da TV Excelsior. Outros grandes nomes são ligados ao gênero, como Chico Buarque e Geraldo Vandré. Caetano Veloso, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Maria Bathânia, Gal Costa, Nelson Gonçalves, Emílio Santiago e Djavan também figuram a lista de ilustres cantores do gênero.

Após algumas décadas, outros grandes nomes se destacaram: Marisa Monte, Vanessa da Mata, Ana Carolina, Adriana Calcanhoto, entre outros. Mas de certa forma, o gênero parecia não se renovar. Entretanto, há algum tempo vem surgindo uma boa safra de cantores que parecem está renovando o gênero, dando uma nova cara para a MPB. Maria Gadú, Roberta Sá, Thaís Gulin, Liah Soares, Monique Kessous, Tulipa Ruiz, Tiê e Céu foram algumas das cantoras que ajudaram a renovar a MPB. E junto com elas surgiram outros nomes que merecem uma boa olhada, ou melhor, uma boa escutada. Saca o som!

15 a Seco

Os integrantes da banda 5 a Seco.
Os integrantes da banda 5 a Seco. Foto: Divulgação

O quinteto do 5 a Seco está junto desde 2009 e é formado pelos integrantes Leo Bianchini, Pedro Altério, Pedro Viáfora, Tó Brandileone e Vinicius Calderoni. Começaram com apresentações restritas, mas logo bombaram nas redes sociais, sendo consolidados no meio musical. Em 2012 lançaram o álbum Ao Vivo no Auditório Ibirapuera, com participação de artistas como Maria Gadú e o ex-integrante, Dani Black. Recentemente lançaram Policromo (2014).

Ouça: “Faça Desse Drama”, “Sei Lá Eu” e “Em Paz”.

2Aline Frazão

Cantora e compositora Aline Frazão.
Cantora e compositora Aline Frazão. Foto: Divulgação

A cantora é natural de Luanda, Angola, mas desde os 15 anos compõe canções por influências vindas do Brasil, especialmente da Bossa Nova e MPB.

Discografia: A Minha Embala (2009), Clave Bantu (2011) e Movimento (2013).
Ouça: “Assinatura de Sal”, “Desassossego” e “O Que Ela Quer”.

3Ana Cañas

Essa é a cantora Ana Cañas, por Marcos Hermes.
Essa é a cantora Ana Cañas. Foto: Marcos Hermes/Divulgação

Diferente de muitos artistas, Ana só começou a cantar depois de adulta, lá pelos vinte anos. E ela ficou tão encantada com a perspectiva de se expressar através das canções, que desde que começou cantando em bares paulistas, nunca mais parou.

Discografia: Amor e Caos (2007), Hein? (2009) e Volta (2012).
Ouça: “Coração Vagabundo”, “O Amor é Mesmo Estranho” e “Será Que Você Me Ama?”.

4Dani Black

Dani Black é cantor, compositor e violinista.
Dani Black é cantor, compositor e violinista. Foto: Divulgação

Ex-integrante do 5 a Seco, Dani Black é cantor, compositor e violinista. Filho da cantora Tetê Espíndola, foi influenciado desde pequeno a se envolver no mundo artístico. Atualmente segue carreira solo.

Discografia: Dani Black (2011), Dani Black Ao Vivo (2013).
Ouça: “Aurora” e “Pega de Jeito”.

5Felipe Cordeiro

O compositor, cantor e guitarrista Felipe Cordeiro revisita o brega paraense transformando o ritmo em algo mais cult através de suas letras alegres, porém carregadas de questões existenciais. Discografia: Kitsch Pop Cult (2012) e Se Apaixone Pela Loucura do seu Amor (2013).

Ouça: “Legal e Ilegal” e “Lambada com Farinha”.

6Filipe Catto

O cantor Filipe Catto.
O cantor Filipe Catto. Foto: Caroline Bittencourt/Divulgação

O cantor gaúcho Filipe Catto tem uma voz incrivelmente bela, muito parecida, em minha opinião, com a de Ney Matogrosso. Com influências de Chico Buarque, Elis Regina, Maria Bethânia, entre outros grandes nomes da MPB, ele despontou para o grande público em 2011, quando a música “Saga” entrou na trilha sonora da novela Cordel Encantado.

Discografia: Saga (2009), Fôlego (2011) e Entre Cabelos, Olhos e Furacões (2013).
Ouça: “Saga”, “Adoração” e “Roupa do Corpo”.

7Juçara Marçal

Juçara Marçal é cantora.
Juçara Marçal canta e encanta. Foto: Divulgação

A cantora Juçara Marçal tem mais de vinte anos de estrada e já cantou nos vocais do grupo Vésper, com quem lançou quatro discos. Há alguns anos fez parceria com Kiko Dinucci, onde investigam e desenvolvem trabalhos sobre a cultura africana. Essa parceria rendeu o álbum Padê (2007). Ainda ao lado de Kiko e do saxofonista Thiago França, Juçara formou o grupo Metá Metá, com quem lançou dois discos: Metá (2011) e Metal Metal (2012). Com uma bela voz, similar de grandes cantoras como Clara Nunes, em 2014 Juçara lançou-se em carreira solo.

Discografia solo: Encarnado (2014).
Ouça: “São Jorge” e “Engasga Gato”.

8Lia Sophia

Lia Sophia é uma cantora, compositora e instrumentista franco-brasileira.
Lia Sophia é uma cantora, compositora e instrumentista franco-brasileira. Foto: Divulgação

Nascida na Guiana Francesa, Lia se mudou para o Brasil ainda criança. Por influência da família cheia de músicos, logo passou a cantar. Sempre conviveu com diversos estilos musicais que iam do gospel ao brega, do bolero ao zouk, mas aos 17 anos se apaixonou pela MPB e deu início a sua carreira como intérprete. Discografia: Livre (2005), Castelo de Luz (2009), Amor Amor (2010) e Lia Sophia (2013).

Ouça: “Amor de Promoção” e “Ai Menina”.

9Leandro Léo

Leandro Léo é cantor e ator.
Leandro Léo é cantor e ator. Foto: Divulgação

Super versátil, Leandro Léo canta, compõe e também atua. Para quem não sabe, ele participou do longa Castelo Rá-Tim-Bum, o Filme (1999) e fez o personagem Pesadelo no Sitio do Pica Pau Amarelo em 2002 e na novela da Record Vidas Opostas (2006). Atualmente está na novela Vitória, também da Record. Leandro também vem se destacando no cenário musical e virou um dos queridinhos da cantora Maria Gadú, sendo responsável pela autoria de algumas músicas interpretadas pela cantora.

Discografia: Parto (2014).
Ouça: “João de Barro” e “Felicidade”.

10Márcia Castro

A cantora baiana Márcia Castro se lançou na carreira musical aos 16 anos e não parou mais. Radicada em São Paulo, recebeu o Braskem de Cultura e Arte em 2006 e uma indicação ao Prêmio TIM/2008 como Melhor Cantora. Márcia promove o “Pipoca Moderna”, festival que reúne artistas como Gilberto Gil, Caetano Veloso, Ney Matogrosso, Otto, Luiz Melodia, entre outros. Discografia: Pecadinho (2007), De Pés no Chão (2012) e Das Coisas Que Seguem (2014).

Ouça: Nega Neguinha e “Na Menina dos Meus Olhos”.

11Nina Becker

Nina Becker é cantora, compositora e cenógrafa.
Nina Becker é cantora, compositora e cenógrafa. Foto: Divulgação

A carioca Nina Becker é cantora, compositora e cenógrafa e começou a carreira na Orquestra Imperial. Trabalhou ao lado de outros músicos cariocas como Kassin, Thalma de Freitas, Moreno Veloso e Rodrigo Amarante. Foi premiada pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) como Melhor Cantora em 2007. Discografia: Azul e Vermelho (2010), Gambito Budapeste (2012), em parceria com Marcelo Callado e Minha Dolores (2014), com músicas de Dolores Duran.

Ouça: “Volte Sempre”, “Superluxo” e “Manias”.

12SILVA

SILVA é cantor e multi-instrumentista.
SILVA é cantor e multi-instrumentista. Foto: Divulgação

O capixaba Lúcio de Silva Souza, mais conhecido pelo nome artístico SILVA é cantor e multi-instrumentista. A mistura de música brasileira e sons eletrônicos caracterizam o som do cantor. Discografia: SILVA (2011), Claridão (2012) e Vista Pro Mar (2014).

Ouça: “Moletom”, “É Preciso Dizer” e “Janeiro”.

Compartilhe
AnteriorChegou a hora de reATIVAR os SENTIDOS!
PróximoRenascer da Raiz
Gabriela Silva, mais conhecida como Petit Gabi é uma paraense que já morou em algumas cidades, mas que encontrou seu porto seguro em São Paulo. Uma redatora que adotou a escrita como hobby. Amante de livros, gatos, Chico Buarque...
  • Laila Guedes

    Excelente! Adorei.

  • Me amarro nessa seleção musical. Lia Sophia e Ana Cañas são as q eu mais gosto.