Início 7º SENTIDO Uma Dose de Poesia: Os Versos Divinos

Uma Dose de Poesia: Os Versos Divinos

877
Compartilhe

Começo agradecendo ao dom e oportunidade de através das palavras transmitir a porção divina que há em mim. Estranho seria se eu me calasse, e a minha forma de me expressar já não mais tocasse o seu coração. Como assim seria um ser humano sem fé, sem sonhos, sem coragem pra viver e seguir diante de tantos turbilhões? Estranho seria se meu coração não chorasse toda vez que minha alma fosse tocada por um gesto, palavra, canção, verso, ou qualquer que seja a expressão artística que o sentimento escolheu para falar. Estranho seria se o meu silêncio ficasse mudo diante de ti, se há em mim tanta sensibilidade e vontade de gritar aos que me perguntam, meu coração sempre irá dizer: minha religião é o amor!

Caminhada pelos trilhos da linha de trem.

O Amor de Deus

Levanta-te
Erga a cabeça
Deus é força e a força está em ti
Não se preocupas com coisas pequenas
Tu és grandioso

Acredite em ti
Confie em ti
Tu és belo
Não temas
Sinta o seu Deus
Não tenha medo de errar, erre!
Teus pecados serão tirados de ti
E abençoado será quem não teme a Deus

De que regras são essas?
Sentes medo delas?
Faça o que Deus mandar
Faça o que seu coração soprar
Alimente-se do amor
Do amor de Deus

Mulher oferecendo flores.

Pensamentos Impuros

O que te atormentas meu filho?
Esses seus pensamentos impuros
Não condizem com teu coração puro
Não escutai as palavras da mente que o atormenta
Olhe para fora, respire o ar
Sinta o calor do sol
O vento suave no teu rosto
O canto dos pássaros
Sou eu em todos os cantos
No mar, no céu, na natureza
Nas esquinas do seu coração
Habito em ti purificado
Dos pensamentos impuros indignos
Alimentai o que é bom
E deixais crescer a grama verde
Deita-te no seu jardim
E sentes o aroma da linda flor que doei

É preciso ter foco, força e fé.

O Escolhido

Constituição
Renovação de um ser
O recomeço
A ressurreição
O escolhido
Símbolo do elo divino
Modelo de caridade
Quem tu escolhe?
Quem estais entre nós
Te escolhi para me trair
Pois, mesmo a traição foi preciso
Como um presságio, destino
Sabia eu que a traição viria
Pois a tua alma
Que encardia os versos de uma traição
Por tradição seria um dos meus
Um dos escolhidos
Pois então, Judas
Eu te escolho para que possas me trair

* Fotos/Imagem: Reprodução

  • Carla

    Parabéns pelo talento! Tocou minha alma. Obrigada. bjos

    • Laila Guedes

      Sou eu quem agradeço Carla. Não nos conhecemos… mas acredito que quando tocamos alguém de uma forma tão profunda acabamos por fazer parte uma da outra. Volta sempre, meus textos te aguardam por aqui. Bjs!!!