Início 6º SENTIDO Foda-se a sua superficialidade vazia!

Foda-se a sua superficialidade vazia!

1189
Compartilhe

Faça-me gozar, por favor! Pessoas que acham que isso é tudo me deprimem. Porque é pouco e porque se parece com algo que qualquer um poderia ter. Comum, comum, muito comum. E eu sempre gostei do diferente.

AMOR - sentimento que une dois corações.
AMOR, um sentimento que percorre veias e artérias unindo dois corações. Foto: Reprodução

O que vem sendo oferecido por aí é sempre o ato em si, às vezes com o vazio, muitas vezes com baixaria e fantasia, poucas vezes com carinho, raras vezes com amor. Tudo sempre igual, o ato de prazer e nada mais. E o pior ainda é o ato falho – uma foda tão normal que quando se ejacula não tem a sensação de ter gozado. De que adianta chegar ao quarto ou quinto clímax sem sentir que foi algo diferente.

Homens adoram mulheres de unhas grandes, que gemem alto enquanto estão gozando em seu pau. Como se fosse um ato de coroar seu macho que espera no altar, sentado em uma ostensiva cadeira de rei. O problema é que eu quase sempre espero algo mais profundo, como uma verdadeira rainha.

Algumas pessoas têm teorias que considero idiotas, como a que sempre se goza liberando sêmen ou ejaculando. Eu custo a aceitar algo tão fugaz. As pessoas seriam mais felizes se fossem menos preocupadas e amassem mais. É sempre nojento alguém que quer gozar sempre daquele jeito burocraticamente físico. É apenas prazer e nada mais. Foda-se o seu sentimento. Foda-se a simplicidade. Foda-se a sua sensibilidade. Foda-se o romantismo. Foda-se o encontro de almas. Foda-se o papai e mamãe, e a titia e o titio, foda-se todo mundo, porque agora ele quer apenas te usar para fuder e fuder mais. Pronto, foda-se! A fêmea gemeu e o macho ficou satisfeito. Então comece a chorar. Senão, ele irá fazer uma expressão de tristeza, como sinal da sua insatisfação por não sentir as lágrimas molharem o seu ego masculino. Mas se for para chorar, chore com vontade, com prazer, com verdade. Não chore só pelo ato vazio. Chore por tudo o mais.

SEXO, prazer intenso e passageiro.
SEXO, prazer intenso e passageiro. Foto: Reprodução

O dia em que coloquei uma unha postiça e gemi bem alto. Aparentemente foi delicioso, mas não significou muito para mim. Mais do que o ato sexual, é sentir-se prazerosamente satisfeito com o seu companheiro. Goze da vida a dois. Seja diferente. Faça diferente. Eleve o espírito para elevar os sentidos. Goze com a alma. Trepe com o coração. Esqueça o ato pensável e mergulhe na profundeza da alma do seu verdadeiro valor.

Quando eu fui rainha, eu ri, e foi um riso de amor, um riso que só quem já foi coroada sabe. As relações puramente sexuais que me perdoem, mas sentir-se amada é melhor do que uma boa trepada.

Foda-se a sua superficialidade vazia. Erótico é o amor!

  • Geo Vieira

    Maravilha Lalinha. Isso é puro sentimento numa liguagem gostosa e sem pudor. Parabéns! Desejo muito mais sucesso pra ti e muito mais risos de amor em sua vida. Você merece ser amada. Bjsss

    • Laila Guedes

      Agradeço o carinho! Não apenas para mim, mas para todos desejo muito mais risos de amor. Bjs

      • Laila Guedes

        Agradeço o carinho! Não apenas para mim, mas para todos desejo muito mais risos de amor. Bjs

  • zenildo miranda

    Ah o Amor! lindo esse foda-se, eh algo para refletir.
    a banalidade,a covardia do outro o sentir de verdade!
    Adorei parabéns Laila sucesso.

    • Laila Guedes

      Pois é, Foda-se quem não quer amar, ou pensa que o amor é nada, quando na realidade é tudo em tudo, SEMPRE!!! Abs.

  • Greg

    Simplesmente fantástico,Laila! Não é à toa que muitas pessoas admiram os seus textos… Eles são,para mim ,a mais pura expressão coletiva.

    • Laila Guedes

      Fico feliz por admirar meus textos. Volte sempre e deixe sua opinião que é de muita importância!!! Abs

  • Petit Gabi

    Sexo com amor é sempre, sempre superior. Mas não condeno quem transe apenas por tesão. Acho que as pessoas vivem em diversos estágios de sexualidade e terão momentos em que buscarão um amorzinho gostoso ou uma trepada puramente física. Acho que o sexo vale de todas as formas, desde que os dois estejam plenamente satisfeitos. Gostei da ousadia do texto. =)

    • Laila Guedes

      Obrigada, Petit Gabi. Bjs

  • Fran

    Adorei o texto. Concordo com vc. Eu e meu namorado seguimos essa linha. Temos lido, temos buscado uma coisa mais espiritual, sem se preocupar com o “derramamento”… e cada vez tem sido mais mágico. Mais cumplicidade, amor, reciprocidade… vc disse tudo:
    ” Goze da vida a dois. Seja diferente. Faça diferente. Eleve o espírito para elevar os sentidos. Goze com a alma. Trepe com o coração. Esqueça o ato pensável e mergulhe na profundeza da alma do seu verdadeiro valor.

    Quando eu fui rainha, eu ri, e foi um riso de amor, um riso que só quem já foi coroada sabe. As relações puramente sexuais que me perdoem, mas sentir-se amada é melhor do que uma boa trepada.”

    • Laila Guedes

      Fran, o sentido da vida é o amor, fico feliz em ter percebido isso! Deus abençoe a sua relação. Bjs e Volte sempre!!!

  • BANDIDO

    Considero o texto extremamente realista, surrealisticamente verdadeiro.

    ….. acho que vc conseguiu captar algo do masculino, muito bem
    guardado… de tão ínfimo e escondido… um sentimento que as vezes se percebe,
    más porem não se fala… muito feliz esta sua leitura do sexo/amor…

    Identifiquei “esta
    trepada em muitas das que já dei no passado distante”

    Quando a tônica era gozar…gozar e satisfazer os sentidos até ao
    máximo… gozar por gozar… os hormônios estavam em tal concentração que o
    mais importante era ejacular… nestes momentos efêmeros e extremamente fugazes
    o vazio vinha de forma incrivelmente
    grande, gigante mesmo, a ponto de logo depois eu sentir “nojo…
    náusea” e só uma nova trepada com outra mulher me fazia sentir novamente
    vontade de transar…. a busca recomeçava… na verdade a busca era pelo
    “amor”… só que eu ainda não sabia disso, nem de como encontra-lo…
    más quando finalmente eu parei de procurar, ele surgiu inesperadamente, quase
    como num passe de mágica e aí sim eu coroei minha rainha…. e me sentir pleno
    e coroado pela sensação de fazer parte de algo que era maior do que eu , do que
    nós, do que tudo… não havia mais o tempo nem o espaço, só havia nós…

    • Laila Guedes

      Que bom que virou Rei ao encontrar a sua Rainha, ou muito mais além, conectar com a sua porção divina. Raras são as pessoas que vivem em plenitude, ou por algum segundo sentiu a sensação do que é eterno.

  • Marcus Eduardo Paloso

    Muito bom, faça amor com o coração!

    • Laila Guedes

      Sim, Paloso! Tudo é bem melhor quando se faz com o coração cheio de amor!!! Abs.

  • Mari

    Pelas palavras ousadas demonstra muita coragem da escritora em revelar a banalidade sexual dos dias atuais. Adorei!!! Parabéns!!!

    • Laila Guedes

      Agradeço a reflexão do seu ser sob a minha ótica. Comente sempre. Abs.

  • Fernanda

    Caramba!!! Você tem o dom de tocar a alma das pessoas. Fantástico!!! Agradeço a emoção que me causou. Parabéns!!! Visitarei mais este site a procura dos seus textos.

    • Laila Guedes

      Eu que sinto-me imensamente emocionada e feliz em receber tanto carinho e elogios bacanas. Obrigada Fernanda, sinta-se em casa, o site é NOSSO! Abs.

  • Plinio

    Palavras Fortes. Bom texto, Parabéns!

    • Laila Guedes

      Agradeço as palavras! Volte sempre e leia os demais textos. Abs

  • Pedro

    Um tapa na cara da sociedade fútil. Foda-se a superficialidade mesmo. Parabéns, Você tem o dom das palavras. Excelentes colocações numa linguagem forte e ao mesmo tempo leve. Gostei muito!!!

    • Laila Guedes

      Obrigada, Pedro! Abs.

  • elis

    Perfeita colocação laila! Realmente chegamos ao ponto de simplemente fuder e assim fudemos literalmente nossos sentimentos,nossa sensibilidade,nosso amor proprio…nossa vida. Esta cada vez mais vazia resumida pelo imediatismos das coisas,pelas respostas rapidas mas sem sentindo,sem profundidade.
    Este texto apesar de ter sido caracterizado pelas atitudes exuais me fez ir além muito além da cama.Me levou a pensar sobre nossoas relacoes superficiais de amizade,de trabalho, de relacao ao proximo e do amor também obvio.
    Realmente laila é preciso mais profundidade na vida, nos nossos relacionamentos. é preciso sentir nossas emocoes a fundo para conseguirmos viver plenamente.
    Amei!
    Parabéns e continue escrevendo,gritando,falando aos quatro cantos pois o mundo precisa ouvir palavras diferentes para quiçá um dia sermos mais profundos.

    • Laila Guedes

      Agradeço a contextualização que complementa tão bem esse texto. Parabéns à nós todos que vivemos pelo amor, por amor, de somente amor! Abs.

  • Petris

    Não espere que um ser masculino alcance esse texto rs No mais, que bom que as mulheres aprenderam a “gozar” além “deles”. Perguntam porque no inicio é bom – eles se entregam…depois eles calculam… quanto tempo dura, quanto ela gosta, quando vai entrar, sair, mudar… Se o cara “calcula” desde do inicio, chuta que é macumba!

    • Laila Guedes

      kakakakaka (muitos risos), adorei Petris. Chuta que é mesmo, chuta… Abs

  • Renata

    Infelizmente as pessoas estão cada vez assim, muito mais sexo só pelo prazer e bem menos amor, o sexo com amor, por amor, fazer amor.

    • Laila Guedes

      São as escolhas que fazemos, sempre as escolhas. Quem busca amor sempre terá amor, o que não pode é se render a superficialidade do sexo sem amor, que é pura vontade, instinto, efêmero. Abs Renata!

  • Francisco Oliveira

    Parabéns pelo texto e pelo “foda-se”.
    Excelente reflexão sobre o que vale a pena no sexo. O gozo é apenas o destino de uma viagem onde o melhor é percusso é a companhia.