Início 6º SENTIDO O Tiro que Mata

O Tiro que Mata

Compartilhe

Por Edvando Junior

O tiro que dói, o tiro que fere, o tiro que mata…
Destrói a vida de muitos
Arranca a alma do corpo e a devolve ao reino dos céus
A carga pesada que dilacera o bem interior
Derrama ódio, covardia e rancor

A arma que mata o ladrão
Também é a mesma que faz parar um inocente coração
O ódio derramado
Provoca um sentimento de vingança
Naquele que foi injustiçado
Apenas quem tem coração puro
Supera a dor do tiro que mata
Concede ao malfeitor, o julgo do amor
Perdão! Aquele que vem de um inocente coração

Os animais matam para sobreviver
Enquanto o ser que se diz humano
Mata por vingança, ganância ou prazer
Alguns matam Obama e alegam estarem combatendo o terror
Outros atiram em nome de Alah e acham que estão seguindo o Alcorão
Perdoa senhor, perdoa senhor…

Muitas vezes a vida de um inocente é tirada
Numa briga de trânsito ou na balada
O tiro que mata faz muitas vítimas
Transforma luz em escuridão
Crianças perdem a vida
Pelas mãos de um homem sem coração

O namorado que mata a namorada
Amor doentio que deixa a vida estilhaçada
A arma escondida no quarto ou no porta luva do carro
Destila veneno que corrói pouco a pouco a mente despreparada
E num acesso de fúria ou de raiva dispara o TIRO QUE MATA. POW!


Lute com a força das palavras, com a melodia de uma canção ou com flores em punho nas mãos… Desarme-se e deixe seu coração livre!

———————————————————————————————————————-
Esse poema é uma homenagem as 12 crianças que foram mortas na tragédia de Realengo, no Rio de Janeiro. Também é um alerta aos civís que andam armados, com a falsa impressão de estarem protegidos. Participe da Campanha do Desarmamento, clique aqui.

———————————————————————————————————————-

Cadeirante, cidadão, designer gráfico, apaixonado por projetos de sustentabilidade e tudo que diz respeito a preservação da natureza. Atualmente estou viajando no mundo das palavras, nessa gratificante sensação de exprimir sentimentos para ativar os sentidos. @edvandojr

Compartilhe
AnteriorO que Comer para ter Bom Humor
PróximoLivro: O Monge e o Executivo
Cadeirante, cidadão, designer gráfico, apaixonado por projetos de sustentabilidade e tudo que diz respeito a preservação da natureza. Fundador do site Ativar Sentidos e idealizador do projeto social Natal Solidário. Atualmente, segue viajando no mundo das palavras.