Início TATO Deixe a Brisa te Levar – Praia do Forte

Deixe a Brisa te Levar – Praia do Forte

221
Compartilhe

Em mais um dia de trabalho você se pergunta como seria bom apertar a tecla ESC e ir parar em uma vila charmosa, onde os termômetros sempre marcassem altas temperaturas e o mar azul refrescasse a alma. Um refúgio de sol e água fresca. Devaneio? Em Praia do Forte, é a mais pura realidade.

Farol do Projeto Tamar em Praia do Forte
Vista do farol do Projeto Tamar. Foto: Reprodução

É possível, para quem mora em Salvador, em apenas 1h estar em um cenário completamente diferente. Um lugar suave e tranquilo, a 56 km da capital baiana reserva uma excelente estrutura de hospedagem, com pousadas coloridas e restaurantes de temperos diversos. Gente simples se mistura com turistas vindos de todas as partes do Brasil e do mundo.

Existe uma infinidade de pousadas para todos os gostos e bolsos. Na praia, na vila, nas ruas paralelas e na principal, opções não faltam! Se puder escolher, fique na praia. Uma pequena caminhada dará acesso a toda agitação da Vila. A pousada Porto da Lua é uma das poucas “pé na areia”, oferece quartos generosos com varanda, rede e vista pro mar. Gostoso mesmo é dormir e acordar ouvindo o deslizar das ondas na areia, o café da manhã farto e a possibilidade de ficar lendo um livro, com vista para uma paisagem estonteante e tranquila. Uma beleza.

Praia do Forte é o lugar ideal para fugir da rotina e se entregar a prazeres simples, como contemplar a bonita enseada com coqueiros e barquinhos ancorados enquanto desfruta de uma variedade de iguarias regionais: o famoso bolinho de peixe, caranguejo e lambreta, acompanhado de drinks diversos com frutas típicas do nordeste, como a siriguela, o cajá, o umbu e a mangaba. Além de ser uma ótima pedida para quem está em busca de relaxamento, Praia do Forte é muito mais do que sol e água fresca, e oferece outras opções de entretenimento.

A visita ao Projeto Tamar não pode ficar de fora do roteiro. O maior pólo de preservação das tartarugas marinhas, há cerca de 30 anos em Praia do Forte, atraiu os turistas e transformou o vilarejo de pescadores em uma vila charmosa e com completa estrutura. O Tamar monitora 30 km de praias nessa região e protege mais de 1600 desovas. Enquanto as crianças se divertem com as tartarugas de todos os tamanhos (existem umas bem gigantes), os adultos aprendem sobre a vasta fauna marinha. Tanques e aquários reúnem diferentes tipos de peixes e até tubarões, saciando a curiosidade de todos – clique para ver vídeos do projeto. Há ainda uma loja, aos moldes dos parques temáticos americanos, com uma infinidade de souvenirs. Um programa imperdível para todas as idades.

 

Clique nas fotos para ampliá-las e veja um pouco mais das belezas de Praia do Forte.

No quesito praia, a grande atração é a praia do Lord e Papa-gente. Na maré baixa, seus corais formam deliciosas piscinas naturais em um mar morno e transparente, ideal para quem gosta de mergulhar. É comum ficar horas no mar e sair energizado, sem sentir que o tempo passou. Uma ótima pedida para abastecer o estômago é o Restaurante Sabor da Vila. Sempre cheio, é famoso por suas moquecas de camarão, polvo, siri e peixe. Refeição farta e temperada com o óleo de Dendê, típico da Bahia. Se sobrar espaço para sobremesa, o Tango Café oferece os melhores doces, tortas e sorvetes da vila.

Pra quem curte o eco turismo, esse destino também surpreende. A Bahia Adventure oferece um passeio de quadriciclo por uma trilha que adentra a Reserva de Sapiranga até uma fazenda de aventura, encantando a todos os que gostam de desvendar a natureza. Lá é possível se entreter praticando tirolesa e ainda se banhar no rio. O que só reforça que na Praia do Forte é possível passar um dia bem agradável, mesmo longe do mar.

No final da tarde, um passeio interessante é visitar a Fundação Garcia d’Ávila. No século XVI, Tomé de Sousa, primeiro governador geral do Brasil, deu a seu filho catorze léguas de terras. Foi lá que Garcia d’Ávila, após ter vencido as tribos indígenas existentes ao norte de Salvador, ergueu sua Casa da Torre (Castelo Garcia d’Ávila) em 1550. O local preserva ruínas medievais que estão entre as mais antigas do Brasil e contam um pouco do seu passado. Tombado pelo IPHAN, está inserida no Parque Histórico e Cultural. Lá no alto os visitantes são presenteados com um belíssimo pôr do sol.

Para uma noite agitada, vale à pena uma visita ao Bar do Souza, onde a perfeita mistura entre caipifrutas e música dançante ao vivo é garantia de uma noite animada para pessoas vindas de todos os cantos do planeta.

Praia do Forte surpreende pela sua diversidade, pelo seu charme, pelo seu clima de eterna alegria. Essa vila ensolarada reserva momentos inesquecíveis para quem tem a oportunidade de conhecer. Vale a visita!

Confira um pouco mais sobre esse destino no Programa Morra de Inveja, do Governo da Bahia.

———————————————————————————————————————————————-

Brisa TorresBrisa Torres é redatora publicitária, roteirista e apresentadora. Criativa, ama escrever e adora viajar. Cidadã do mundo, está sempre de malas prontas: já morou em outras cidades, em outros países. É uma curiosa: gosta de se descobrir, de conhecer gente, novos cantos, desmistificar culturas, aprender línguas e, claro, escrever sobre tudo isso. Quer saber mais? Acesse o portfolio e siga @brisa_torres

Compartilhe
AnteriorLivro: 1808
PróximoFestival SWU 2011
  • Emmanuel Mateus

    MASSA BRISA! SORTE E INSPIRAÇÃO. E AGORA POSSO DIZER COM PROPRIEDADE QUE O TÍTULO DA COLUNA É CEM POR CENTO BACANA, CONDIZENTE COM A LEVEZA SEU NOME-ASSINATURA ANUNCIA. FARIA APENAS UMA CORREÇÃO NO TRECHO ”Garcia d’Ávila, após ter vencido as tribos indígenas existentes ao norte de Salvador”. NO LUGAR DE ”VENCIDO” ESCREVERIA ”SUBJUGADO” OU ”DIZIMADO”. BEIJOS

  • Obrigada pelos elogios! Continue acompanhando! Abraços,