Início TATO Novo Sistema de Comentários do Facebook

Novo Sistema de Comentários do Facebook

161
Compartilhe

O Facebook anunciou o lançamento de uma atualização do seu sistema de comentários. Os objetivos são desincentivar comentários anônimos ou abusivos e permitir mais ligações entre o Facebook e sites noticiosos.

———————————————————————————————————————-

Interativamente falando, é hora de Atividade na LAJE!

———————————————————————————————————————-

Gerir os comentários de um site pode ser um trabalho árduo, mas a nova atualização do sistema de comentários do Facebook poderá ser a solução. Os rumores acabaram por se tornar realidade e em 1º de Março de 2011, o Facebook revelou o “plug-in”, que já pode ser testado em diversos sites.

Não é novidade que muitos sites permitem aos leitores usar as suas contas de Facebook para se autenticarem e fazerem comentários, mas com esta atualização a ligação é automática, ou seja, nos sites que implementarem o novo sistema não terá de fazer login através da conta do Facebook, o Facebook liga-se automaticamente.

E as novidades não acabam aqui. Se anteriormente já era possível exportar para a rede social comentários feitos em outros sites usando a conta do Facebook, agora o sistema passa a ser bilateral para as organizações que o adotarem. Se comentar na página de um jornal esse comentário aparece no Facebook, e se um dos seus amigos responder no Facebook, a resposta será automaticamente exportada para a página onde o comentário original foi feito.

Um dos grandes objetivos desta nova funcionalidade é melhorar a qualidade das discussões nos sites noticiosos, desmotivando comentários anônimos através das contas no Facebook (onde se pressupõe que estará alojada a verdadeira identidade da pessoa). A ser incorporado pelos grandes sites, a novidade poderá vir a “render” ao Facebook milhares, se não milhões, de novos utilizadores registrados.

O jornal francês “Le Monde” afirma ainda que a nova plataforma vai permitir aos administradores dos sites de notícias o acesso a outras ferramentas de moderação, como a possibilidade de bloquear determinadas palavras.

Claro que a grande falha apontada a este “plug-in” é a sua incompatibilidade com outras redes sociais, como o Buzz (da Google), ou o Twitter. Mas o objetivo do Facebook é aumentar o número de utilizadores e destacar – ainda mais – a sua centralidade como uma das maiores portas de entrada para a Internet.


Fonte: Movimento Milénio, TechCrunch.

Além desse sistema, existem outros similares como o IntenseDebate e o Disqus, que tem a vantagem de serem compatíveis com outras redes sociais, como o Twitter. Em breve colocaremos no ar um novo sistema de comentários aqui no Ativar os Sentidos, para incentivar, ainda mais, o debate de ideias. Dê sua opinião e nos diga qual a melhor plataforma de comentários para instalar em nosso blog?

Participe, compartilhe suas ideias conosco…