Início VISÃO Os Descendentes

Os Descendentes

130
Compartilhe

Não sou nenhuma crítica de cinema ou coisa que o valha, mas como tenho esse espaço para escrever sobre, me reservo ao direito de dar minha opinião sobre algumas produções cinematográficas. Nesse caso, Os Descendentes (The Descendants – 2011) que, de antemão já digo: quase me fez dormir na poltrona do cinema. Exagero? Veja o filme e leia o que vem a seguir, depois tire suas próprias conclusões.

George Clooney e Shailene Woodley no filme Os Descendentes
George Clooney e Shailene Woodley em cena. © Fox Searchlight Pictures

Apesar do filme de Alexander Payne ter recebido boas críticas dos entendidos no assunto, Os Descendentes é um daqueles filmes que você assiste e fica esperando algo mais acontecer. Não sei se é porque somos o tempo inteiro bombardeados com super produções repletas de efeitos e cenas épicas ou porque de certa forma gostamos de ter uma relação prática de início-meio-fim completa. Mas o fato é que, ao assisti-lo, a sensação é de que nada aconteceu nos seus 117 minutos de duração.

Matt King (George Clooney) é um marido indiferente e pai ausente, que após um acidente ter levado sua esposa a um estado de coma, se vê tendo que encontrar uma forma de se reaproximar das duas filhas. Junto a isso, também faz uma análise de sua vida, envolvendo nisso o seu passado e suas raízes.

No meio de todo o complexo relacionamento com as filhas, o estado atual de sua esposa e a difícil decisão da venda de um grande terreno que foi herdado pela família, Matt ainda tem de lidar com uma descoberta que abala sua estrutura matrimonial.

Cartaz do filme Os DescendentesInformações Técnicas

Título Original: The Descendants
Título no Brasil: Os Descendentes
País de Origem: Estados Unidos
Gênero: Comédia Dramática
Duração: 117 min
Ano de Lançamento: 2011
Estreou no Brasil: 27 de Janeiro de 2012
Direção: Alexander Payne
Roteiro: Alexander Payne, Nat Faxon e Jim Rash (baseado na obra de Kaui Hart Hemmings)
Estúdio: Ad Hominem Enterprises
Distribuição: Fox Searchlight Pictures
Site Oficial: www.osdescendentes.com.br

É até interessante poder observar como um homem, que até então só se importava com o trabalho, tenta resolver pequenas situações cotidianas. A filha mais velha revoltada, que bebe e fala palavrão. A filha mais nova que se desenvolve rapidamente e começa a fazer questionamentos que ele não consegue responder. O sogro que o culpa pelo estado da esposa. Os primos o pressionando para decidir sobre a grande venda. A descoberta sobre o que a esposa fazia enquanto ele trabalhava. Ou seja, pequenas coisas que juntas acabam por quase enlouquecê-lo.

A atuação de Clooney foi boa. Nada que justifique a indicação ao Oscar, mas foi boa. Alguns trejeitos e caretas combinaram com o homem desajeitado com as novas emoções com que deve lidar. Alexandra (Shailene Woodley), a filha mais velha, é encantadora! Gostei da atuação da moça, que conseguiu mostrar a indignação, revolta e outras emoções que cabiam ao papel de filha magoada e com a culpa de não conseguir perdoar a mãe. Os dois tiveram uma boa sintonia e creio que esse laço entre pai e filha tenha dado um ar menos derrotado a esse longa.

Mas ainda assim, o que vi naquela tela foi uma mistura de cenas que não conseguiram emocionar ou fazer rir efetivamente. Simplesmente foram sendo rodadas sem despertar qualquer sensação ou sentimento, além da vontade do filme acabar logo para poder ir embora.

Assista o Trailer Oficial!

———————————————————————————————————————————————-

Gabriela SilvaGabriela Silva, mais conhecida como Petit Gabi é uma paraense que já morou em algumas cidades, mas que encontrou seu porto seguro em São Paulo. Uma redatora que adotou a escrita como hobby. Amante de livros, gatos, Chico Buarque e apaixonada por redação. Enfim, uma pessoa comum, que gosta de escrever sobre coisas comuns. Mais do mesmo no Só Vim Pra Escrever, seu blog pessoal. @petitgabi

Compartilhe
AnteriorMini-documentários | Que Bloco é Esse?
PróximoMagary Lord e o seu Black Semba
Gabriela Silva, mais conhecida como Petit Gabi é uma paraense que já morou em algumas cidades, mas que encontrou seu porto seguro em São Paulo. Uma redatora que adotou a escrita como hobby. Amante de livros, gatos, Chico Buarque...
  • Petit Gabi

    Meu novo post no Ativar os Sentidos. Confiram!