Início VISÃO Thaisy Payo – A Bela Modelo Deficiente Auditiva

Thaisy Payo – A Bela Modelo Deficiente Auditiva

1003
Compartilhe

Ela perdeu a audição ainda bebê, mas deu a volta por cima e hoje é professora de Libras e uma modelo requisitada. Thaisy Payo derrubou a barreira que tentou silenciar seu destino, e fez da sua vida um grande palco de realizações especiais.

Thaisy Payo é professora de Libras e modelo
Thaisy Payo é professora de Libras e modelo. Foto: Divulgação

A paranaense Thaisy Payo começou a trabalhar como modelo desde pequena. Ganhou o título de Rainha da ExpoUmuarama (2010) e foi eleita Rainha Surda Brasileira, no mesmo ano. Em 2013, ela venceu o concurso Miss Surda Brasil, batendo outras 18 candidatas que desfilaram em traje típico, gala e de biquíni. Com isso, ganhou o direito de representar o país no Miss Deaf World e no Miss Deaf Internacional, que serão disputados na República Tcheca e nos Estados Unidos, respectivamente.

Além de ser uma garota super engajada na luta pela inclusão de pessoas com deficiência auditiva, ela se formou em Letras – Libras (Língua Brasileira de Sinais) pela Universidade Federal de Santa Catarina e também é graduada em Farmácia Generalista, pela Universidade Paranaense de Umuarama.

Agora, vamos conhecer alguns trabalhos fotográficos da bela Thaisy!

Thaisy Payo em ensaio fotográfico
Thaisy Payo em ensaio fotográfico. Foto: Divulgação
Thaisy Payo em ensaio fotográfico
Thaisy fotografa na praia. Foto: Reprodução
Thaisy Payo ganhou o título de Rainha da ExpoUmuarama 2010
Thaisy ganhou o título de Rainha da ExpoUmuarama 2010. Foto: Reprodução
Thaisy Payo em ensaio para o Portal Umuarama
Ensaio fotográfico para o Portal Umuarama. Foto: Luci Lemes/Reprodução
Thaisy Payo em ensaio para o Portal Umuarama
Ensaio fotográfico para o Portal Umuarama. Foto: Luci Lemes/Reprodução
Thaisy Payo foi eleita Miss Surda Brasil 2013
Thaisy foi eleita Miss Surda Brasil 2013. Foto: Divulgação
Thaisy Payo foi eleita Miss Surda Brasil 2013
Thaisy Payo em ensaio fotográfico. Foto: Divulgação

Não deixe de conferir o primeiro e o segundo artigo da série sobre a ausência da audição.