Início AUDIÇÃO Stand By Me

Stand By Me

442
Compartilhe

Um dia o engenheiro de som Mark Johnson caminhava por uma estação do metrô de Nova York a caminho do trabalho, quando se deparou com a seguinte cena: dois monges, vestindo túnicas brancas. Um deles tocava violão com cordas de nylon, e outro cantava. Uma ‘platéia’ com cerca de 200 pessoas acompanhava a apresentação. Mark percebeu que algumas se emocionavam e não continham as lágrimas. Outras riam e interagiam com o som.

HISTÓRIA: Naquela estação de metrô e perante aqueles monges e aquelas pessoas, que nasceu o projeto Playing For Change (Tocando por Mudança, em tradução livre). Mark então firmou uma parceria com a Concord Music Group e saiu pelo mundo, levando consigo alguns colaboradores e todo seu aparato técnico.

Os registros renderam um pequeno documentário, em 2003. Porém, Mark recebeu outra inspiração, quando caminhava por uma rua na Califórnia: “Eu estava em Santa Monica, Califórnia, quando ouvi Roger Ridley cantando “Stand By Me” a um quarteirão de distância. Corri para assistir ao fim de sua apresentação e nunca mais fui o mesmo. Sua voz, alma e paixão nos levaram a buscar pelo mundo outros músicos para adicionar à sua gravação”, lembra o produtor.

Mark Johnson, fundador do Playing For Change, e sua equipe viajaram durante uma década com uma única paixão e objetivo: conectar o mundo por meio da música. A ambiciosa jornada os levou à África do Sul pós-apartheid, passando pelo Oriente Médio, até as montanhas do Himalaia e muito mais. Em 2009, como resultado do projeto é lançado o CD + DVD: Playing For Change | Songs Around the World, um movimento maravilhoso com mestres que fazem música com alma.
Site Oficial: playingforchange.com

Playing For Change é a extraordinária reunião entre músicos e vocalistas de diversas partes do mundo, utilizando a inovadora tecnologia de vídeo e áudio móvel, o projeto captura imagens de vários artistas individualmente tocando a mesma música em várias partes diferentes do mundo.


O DVD abre com a voz de Roger Ridley e seu violão, interpretando “Stand By Me”, imortalizada na voz de John Lennon. O produtor adicionou a gravação mais 35 músicos de todo o mundo. Entre eles: Grandpa Elliott da Louisiana (deficiente visual que canta e toca gaita), as congas do espanhol Django ‘Bambolino’, o violoncelo do russo Dimitri Dolgonov, o coral sul-africano Sinamuva, o cavaquinho do brasileiro Cesar Pope e a voz marcante de Vusi Mahlasela da África do Sul. “Eles nunca se encontraram, mas conversam através da música”.

A música “Stand By Me” foi lançada originalmente como single em 1961 por Ben E. King e alcançou o número um nas paradas R&B. Também chegou duas vezes ao Top Ten dos EUA. Em 1986 após o seu relançamento, foi canção-tema do filme de mesmo nome e despontou em um anúncio para Levi’s Jeans. Em 1999, o IMC nomeou como a quarta canção mais executada do século 20, com cerca de 7 milhões de performances. Foram mais de 400 versões gravadas por nomes como: Ben E. King, Jimi Hendrix, John Lennon, Little Milton, Adriano Celentano, Pennywise, Seal, Playing for Change, etc.

Fonte: Playing For Change, Bem Morgado, Wikipédia.
———————————————————————————————————————

Para o exercício da audição:
Fiquem com a música “Stand By Me”, que transformou o Playing For Change de um pequeno grupo de indivíduos em um movimento mundial pela paz e compreensão.


Playing For Change – Stand By Me
(Composição: Ben E. King / Jerry Leiber / Mike Stoller)

When the night has come
And the land is dark
And the moon is the only light we’ll see
No I won’t be afraid, No I won’t be afraid
Just as long as you stand, stand by me

So darling, darling
Stand by me, oh, stand by me
Oh stand, stand by me,
Stand by me

If the sky that we look upon
Should tumble and fall
Or the mountains should crumble to the sea
I won’t cry, I won’t cry
No I won’t shed a tear
Just as long as you stand, stand by me

Whenever you’re in trouble, won’t you stand by me
Oh stand by me,
Oh won’t you stand now?
Stand by me

Veja a tradução no site Vagalume.