Início VISÃO Filmes baseados em serial killers reais

Filmes baseados em serial killers reais

2118
Compartilhe

Assassinos em Série (em inglês Serial Killers) são pessoas que cometem mais de um assassinato, costumam seguir padrões (modus operandi) e quase sempre guardam algum “troféu” que represente cada uma de suas vítimas. Geralmente sofrem de distúrbios psicológicos, que podem ser desenvolvidos ainda na infância por inúmeras causas, como problemas familiares.

Alguns serial killers tem histórias tão chocantes que parecem roteiros de cinema. Inclusive, muitos deles inspiraram filmes que contam suas trajetórias e tentam dar uma ideia do que se passava em suas mentes assassinas. A série The Following, lançada em janeiro de 2013 no canal Fox, também aborda o assunto. Nela, um detetive investiga um criminoso que usa tecnologia para criar uma rede de assassinos em série. Bizarro, não?

Conheça agora 10 filmes que foram baseados em histórias de verdadeiros serial killers:

10Terra de Ninguém (Badlands – 1973)

Martin Sheen interpreta o assino Kit Carruthers.

Um jovem casal em fuga aterroriza vários estados em uma matança incontrolável.

Aconteceu de verdade: Charles Starkweather e Caril Ann Fugate foram a verdadeira representação do que conhecemos por “amor bandido”. Ele tinha 19 anos e ela apenas 14 quando iniciaram uma verdadeira chacina, que começou com a própria família de Caril. Em fuga por dois meses, os dois acabaram matando no total 11 pessoas a tiros, sem nenhum demonstrar qualquer remorso. Por seus crimes, ele foi condenado a cadeira elétrica e ela a prisão perpétua. Sua história inspirou o filme Terra de Ninguém, de Terrence Malick, que posteriormente inspirou Assassinos por Natureza (1994).

9À Procura de um Assassino (To Catch a Killer – 1992)

Brian Dennehy interpreta o palhaço assassino no filme À Procura de um Assassino (To Catch a Killer - 1992).
Brian Dennehy interpreta o “Palhaço Assassino”.

John Wayne Gacy é um cidadão exemplar acima de qualquer suspeita e adorado pelas crianças da vizinhança. Mesmo com acusações de abusos sexuais contra ele, demora para ser investigado. Mas quando um jovem não retorna de uma entrevista de emprego oferecida por ele, a polícia começa a desconfiar e inicia uma longa busca por provas para incriminá-lo.

Aconteceu de verdade: Gacy era realmente um homem que não levantava suspeitas. Animava festas infantis vestido de Palhaço, sob o apelido Pogo, e chegou a lançar-se na carreira política. O filme foi fiel a história do palhaço assassino e mostra como a polícia ignorou por anos as suspeitas contra ele, o que acabou causando a morte de mais de 30 garotos. Era muito violento e matava suas vítimas com requintes de crueldade. Os métodos mais utilizados por ele eram facadas e estrangulamentos.

8O Bandido da Luz Vermelha (1968)

Helena Ignez e Paulo Vilaça atuaram no filme O Bandido da Luz Vermelha (1968).
Helena Ignez e Paulo Vilaça atuaram no filme “O Bandido da Luz Vermelha”.

Um marginal paulista, conhecido como Bandido da Luz Vermelha, desafia a polícia e amedronta a população cometendo crimes requintados – de estupros a assassinatos.

Aconteceu de verdade: João Acácio Pereira da Costa não era paulista, mas sim de Joinville (SC). Instável emocionalmente mas muito inteligente, cometeu mais de 100 crimes em dois anos. Se vangloriava por não ser pego pela polícia e, por ser muito sedutor, suas vítimas acabavam não o denunciando. Se inspirou em um bandido americano para utilizar o apelido que o tornou conhecido. O filme é baseado apenas em alguns fatos de sua história.

7O Silêncio dos Inocentes (The Silence of the Lambs – 1991)

Anthony Hopkins atuando no filme O Silêncio dos Inocentes (The Silence of the Lambs - 1991).
Anthony Hopkins em atuação magistral.

Uma agente do FBI investiga o caso de um assassino que tira a pele de suas vítimas. Para entender como ele pensa ela procura um perigoso psicopata, preso sob a acusação de canibalismo.

Aconteceu de verdade: Ed Gein ficou conhecido nos anos 50 por matar e exumar o corpo de mulheres parecidas com a própria mãe. Sua obsessão e hobby mórbidos inspiraram filmes como O Silêncio dos Inocentes e Psicose. O filme é baseado apenas em alguns fatos de sua história, mas contém informações que nunca aconteceram, como o casulo de mariposa-da-morte encontrado em um dos corpos de suas vítimas.

6Karla – Paixão Assassina (Karla – 2006)

Laura Prepon e Misha Collins em cena do filme Karla - Paixão Assassina (Karla - 2006).
Laura Prepon e Misha Collins em cena do filme Karla – Paixão Assassina.

O filme é um relato cruel e verdadeiro sobre a trajetória de Karla Homolka e seu marido, Paul Bernard. Para saciar os impulsos sexuais insanos de Paul Karla se entrega aos mais terríveis desejos do amado, dando a ele como prêmio até mesmo sua irmã caçula.

Aconteceu de verdade: Conhecidos como “Barbie e Ken murders”, Karla Homolka e Paul Bernard escandalizaram os noticiários americanos nos anos 90. Com um desejo sexual incontrolável, Paul envolveu Karla no estupro e assassinato de 3 jovens, incluindo a irmã mais nova dela, Tammy. Culpada ou inocente? Algoz ou vítima? O filme mostra recortes de depoimentos, relatos policiais e sessões de Karla com seu terapeuta para desenhar essa terrível história de amor doentio.

5A Troca (Changeling – 2008)

Christine Collins é uma mãe solteira que se vê envolvida em uma rede de mentiras após o sumiço do filho, Walter Collins. A polícia, sem conseguir uma solução para o caso, tenta enganá-la entregando outra criança no lugar de Walter e tenta fazer com que ela pareça louca.

Aconteceu de verdade: O filme é baseado em fatos reais, mas não foca na história do assassino, mas sim no caso de uma das mães das crianças desaparecidas. O assassino em série Gordon Northcott, também conhecido como O Assassino do Galinheiro, sequestrou, abusou e matou mais de 20 meninos na cidade de Wineville na década de 1920.

4Ted Bundy (Bundy – 2002)

Filme baseado na vida de Ted Bundy, um assassino em série que matou pelo menos 19 mulheres nos anos 70.

Aconteceu de verdade: O filme conta desde de seus dias como estudante até a sua condenação e execução em 1989. Ted Bundy teve uma infância perturbada e começou seus crimes estuprando e assassinando mulheres. Charmoso, sedutor e comunicativo, muitas vezes usava de truques para atrair suas vítimas, como fingir estar com o braço engessado e pedir ajuda para carregar coisas. Ele admitiu ter um “apetite insaciável” por pornografia violenta.

3Dahmer – Mente Assassina (Dahmer – 2002)

O filme conta a história de Jeffrey Dahmer, entremeando fatos de sua adolescência com cenas de alguns assassinatos.

Aconteceu de verdade: Conhecido como Canibal de Milwaukee, Jeffrey Dahmer assassinou 17 homens e garotos homossexuais entre 1978 e 1991. Seus crimes envolviam estupros, necrofilia e canibalismo. Serviu de inspiração para músicas das bandas de metal Slayer e Soulfly e uma banda de grindcore, Dahmer. O filme Dahmer – Mente Assassina foi baseado em fatos de sua história medonha e tem o ator Jeremy Renner no papel principal.

2Monster – Desejo Assassino (Monster – 2003)

Conta a história de uma prostituta abusada sexualmente na infância, que descarrega toda sua fúria nos clientes que encontra por seu caminho. Charlize Theron ganhou o Oscar de Melhor Atriz por sua atuação como Aileen Wuornos.

Aconteceu de verdade: O filme mostra uma Aileen marcada por abusos e abandono familiar. Mas nunca foi comprovado que ela tenha sido realmente abusada sexualmente na infância, apesar do início de vida traumático e uma gravidez precoce. É fato que ela começou a prostituir-se ainda muito cedo e que seu único laço afetivo foi com a companheira Tyria, que acabou se tornando sua cúmplice nos assassinatos. Ao todo ela matou 7 homens a tiros e, mesmo sendo considerada doente mental, foi condenada a morte por injeção letal em 2002.

1Zodíaco (Zodiac – 2007)

Baseado nas investigações de um policial obcecado em prender um assassino que agiu na década de 60 sob o codinome Zodíaco.

Aconteceu de verdade: Nos anos 60 e 70, o assassino em série conhecido como Assassino do Zodíaco aterrorizou a Califórnia ao cometer crimes que quase não deixavam pistas. Ele costumava provocar a polícia enviando cartas em código que davam muito trabalho para decifrar. Oficialmente, foram designados a ele a autoria de 5 crimes, sempre envolvendo tiros ou facadas. Mas o maníaco sem rosto pode ter feito mais de 37 vítimas e, pasmem, nunca foi descoberto. O filme Zodíaco foi bastante fiel a verdadeira história, só pecando no fato de mostrarem um interrogatório com um possível suspeito. Na vida real, isso nunca chegou a acontecer.