Início VISÃO Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1

Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1

159
Compartilhe

Correndo o risco de ser ridicularizada, antes de qualquer coisa, faço algumas ressalvas: já li os livros de Stephenie Meyer (e claro, concordo que ela não é “a” escritora). Diferente da maioria das garotas que gostam da saga, não sou fã do Edward (muito menos do Pattinson), gosto da personagem Bella (apesar de muitos a acharem depressiva e submissa) e também acho desnecessária a quantidade de vezes que fizeram Taylor Lautner (Jacob Black) tirar a camisa nos filmes. Seja você uma crepusculete ou um hater que não gosta dos livros e só assiste os filmes para ter a chance de fazer piada nas redes sociais, os convido a leitura da resenha de Amanhecer – Parte 1. Here we go!

Kristen e Pattinson no filme Amanhecer - Parte 1
Kristen e Pattinson em cena do filme “Amanhecer – Parte 1”. © 2011, Summit Entertainment

O filme já se inicia com os preparativos do tão esperado casamento entre Bella e Edward. Ela ansiosa com a situação e sentindo-se completamente deslocada por todos os paparicos dedicados a sua pessoa. Ele apesar do amor que sente, ainda em dúvida quanto a promessa de transformar Bella Swan (Kristen Stewart) em imortal após o casório. Jacob, o terceiro elemento deste triângulo amoroso desajustado, é o único que não está muito contente com a escolha dos dois, pois teme pela vida de Bella e tenta convencer a todos que o casamento é um erro, se utilizando do Tratado entre lobos e vampiros de nunca machucar um humano, como argumento.

O casamento traz uma bizarra reunião entre humanos, vampiros e lobos, todos muito ansiosos pela união do casal depois de tantas idas, vindas, sangue, suor e lágrimas. O vestido de Bella é simples e romântico e se enquadra perfeitamente na personalidade da personagem. E Edward, claro, sempre muito tradicional e elegante. A trilha da cena, para minha surpresa, foi reaproveitada do primeiro filme. E a música escolhida para tocar durante os votos dos noivos foi “Flightless Bird, American Mouth”, a mesma tocada na dança de formatura em Crepúsculo. Não faltaram discursos emocionados e uns até engraçados, como o de Jéssica (Anna Kendrick), a amiga invejosa de Bella. Ao final, os dois partem para a lua-de-mel, indo para um lugar desconhecido por todos, inclusive pela própria Bella.

Como todos sabem, as filmagens da lua-de-mel foram realizadas no Brasil, com uma breve passagem pelo Rio de Janeiro entre o bairro da Lapa e em Paraty, no litoral sul fluminense. Robert Pattinson (Edward Cullen) até gastou seu português em alguns takes. A fotografia das cenas ficou incrível, com direito a praias paradisíacas, florestas e cachoeiras. Pouca ou nenhuma roupa compõe o figurino, e acredito que muita gente pode se surpreender com a casta Bella vestida em biquínis, shortinhos e lingeries. As tão esperadas cenas de sexo entre Bella e Edward foram mais quentes que nos livros, mas ainda assim comedidas para o cinema. De qualquer forma, o importante é que (até que enfim) os dois consumaram o amor, com direito a alguns estragos inevitáveis.

Cartaz do filme Amanhecer - Parte 1Informações Técnicas

Título Original: The Twilight Saga: Breaking Dawn – Part 1
Título no Brasil: A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1
País de Origem: Estados Unidos
Gênero: Aventura, Romance
Duração: 115 min
Ano de Lançamento: 2011
Estreou no Brasil: 18 de Novembro de 2011
Direção: Bill Condon
Roteiro: Melissa Rosenberg (baseada no romance de Stephenie Meyer)
Produção: Wyck Godfrey e Stephenie Meyer
Estúdio: Paris Filmes
Distribuição: Summit Entertainment
Site Oficial: www.breakingdawn-themovie.com

A viagem é interrompida pela iminente (e estranha) gravidez de Bella, que faz com que Edward fique muito aterrorizado e a leve imediatamente de volta para Forks. A partir disso, inicia-se um processo de degradação de Bella, e mesmo com todos contra e correndo o risco de morrer, ela decide que deseja ter o “bebê”. Os efeitos realizados para demonstrar todo o processo de inanição e crescimento da barriga de Bella nos proporcionam uma imagem aterrorizante da personagem. É a grávida mais feia que já vi na vida.

O que se segue é uma guerra entre lobos e vampiros e entre lobos e lobos, por conta do desacordo entre Bella ter ou não o bebê. Ela, decidida a sofrer em prol de sua cria. Edward novamente aparece com aquele ar de angústia e sofrimento e mais uma vez fraqueja na hora de apoiar a amada. E Jacob, para variar, tenta dissuadir a ela da ideia, briga com todo mundo e claro, tira a camisa várias vezes.

O parto, um dos únicos momentos tensos, traz apenas um jogo de câmera e mostra quase nada do que está acontecendo. Só conseguimos ver um pouco de sangue e finalmente o bebê vem ao mundo. Em contrapartida, o pessoal dos efeitos especiais deu uma caprichada para mostrar o que se passa pela corrente sanguínea de Bella depois que ela dá a luz. E claro, não posso deixar de dizer que acontece o tão esperado imprinting, citado nos livros, mas tão pouco explorado nos filmes e ficamos com a sensação de que coisas boas virão na Parte 2. E quanto a Bella? Bom, para saber o que acontece a ela, só indo ao cinema assistir Amanhecer. (Revisão: Felipe Rui)

Assista o Trailer e depois corra pro cinema!

———————————————————————————————————————————————-

Gabriela SilvaGabriela Silva, mais conhecida como Petit Gabi é uma paraense que já morou em algumas cidades, mas que encontrou seu porto seguro em São Paulo. Uma redatora que adotou a escrita como hobby. Amante de livros, gatos, Chico Buarque e apaixonada por redação. Enfim, uma pessoa comum, que gosta de escrever sobre coisas comuns. Mais do mesmo no Só Vim Pra Escrever, seu blog pessoal. @petitgabi

Compartilhe
AnteriorPromoção: MARAUÊ conquista VOCÊ
PróximoSomos “TOP3 Finalista” no TOPBLOG 2011

Gabriela Silva, mais conhecida como Petit Gabi é uma paraense que já morou em algumas cidades, mas que encontrou seu porto seguro em São Paulo. Uma redatora que adotou a escrita como hobby. Amante de livros, gatos, Chico Buarque…