Início VISÃO Natalie Portman – Sexy, Delicada e Apaixonada

Natalie Portman – Sexy, Delicada e Apaixonada

1495
Compartilhe

Na 1ª parte, vocês puderam conhecer um pouco sobre o início da vida e da carreira da Natalie. Agora, vamos continuar nossa viagem pelo universo Portman e saber um pouco mais da vida e obra dessa adorável atriz.

Natalie Portman - Miss Dior
Campanha Miss Dior Chérie com Natalie Portman. © 2011, Dior

Depois de Onde Mora o Coração, Portman decidiu estudar Psicologia em Harvard e comprometeu-se apenas com a trilogia Star Wars, não aceitando participar de nenhum outro grande projeto cinematográfico. Nesse meio tempo atuou na peça “A Gaivota” de Tchekov e fez pequenas pontas em Zoolander (2001) e Cold Mountain (2003), e filmou Star Wars: Episódio II – Ataque dos Clones (2002). A atriz era tão dedicada que escolheu perder a estreia de Star Wars, pois precisava estudar. Não é a toa que em 2003, se formou com honra ao mérito em Harvard e um ano depois, já estava estudando novamente, mas agora, na Universidade Hebraica de Jerusalém. Uma curiosidade: seus anos estudando em Harvard resultou no fenômeno das “Natalies”, onde cada estudante com esse nome recebeu inúmeros telefonemas e mensagens dos fãs que procuravam pela atriz.

Natalie Portman - Star Wars
Ewan McGregor, Portman e Hayden Christensen no Episódio II de Star Wars. © Lucasfilm Ltd. & TM

Filmes independentes também são um chamariz para Natalie. Ela adora participar de pequenas produções, desde que isso resulte em um trabalho profundo e prazeroso. Hora de Voltar (2004) de Zach Braff e Closer – Perto Demais (2004) do diretor Mike Nichols – sim, Closer foi uma pequena produção, que digamos, tomou grandes proporções e se tornou um enorme sucesso do público cult -, são exemplos disso. Closer inclusive, lhe rendeu mais uma indicação ao Globo de Ouro e a primeira indicação ao Oscar. Aliás, quem nunca repetiu sua famosa fala para Jud Law: “Hello Stranger”?

Natalie Portman - Garden State
Cena do filme “Hora de Voltar”. © Fox Searchlight Pictures
Natalie Portman - Interview Magazine (2004)
Ensaio para Revista Interview (julho/2004). Foto: Max Vadukul/Reprodução
Natalie Portman no filme Closer
Natalie em cenas tórridas com o ator Clive Owen, no filme “Closer”. © Columbia Pictures

Em 2005 encerrou sua participação na famosa trilogia em Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith, com uma estrondosa bilheteria e como melhor filme no People’s Choice Awards. Nesse mesmo ano ela atuou em Free Zone de Amos Gitai e no excelente V de Vingança de James Mc Teigue, onde interpretou Evey Hammond e teve sua famosa cabeça raspada. Sobre V de Vingança, a artista comentou que ser de Israel foi um dos motivos dela querer fazer isso, pois terrorismo e violência faziam parte das suas conversas desde pequena. Em 2006, foi convidada para Sombras de Goya de Milos Forman, porque o diretor a achava parecida com uma das pinturas do artista.

Natalie Portman - Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith
Portman no filme “Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith”. © Lucasfilm Ltd. & TM
Natalie Portman - V de Vingança
Natalie teve que raspar a cabeça no filme “V de Vingança”. © Warner Bros
Natalie Portman - VOGUE (2006)
Ensaio para Revista VOGUE (março/2006). Foto: Craig McDean/Reprodução
Natalie Portman by Ailidh
Pintura digital baseada em foto da atriz Natalie Portman na Revista W Magazine. © 2006, Ailidh

Natalie estrelou em 2007, um filme para crianças A Loja Mágica de Brinquedos de Zach Helm e se disse muito animada por isso. Ela realmente gosta desse lado de bom mocismo, mesmo assim, quem consegue não achá-la sensual? Em Um Beijo Roubado (2007) do diretor Kar Wai Wong ela foi elogiada por ter deixado de lado a menina para se mostrar mais mulher. Por sua atuação em A Outra (2008) de Just Chadwick – assista o Trailer – ela foi nomeada uma das mulheres mais sexy do mundo. Em 2008, Natalie também produziu e dirigiu Eve e participou do polêmico curta Hotel Chevalier, no qual aparece nua e protagoniza cenas eróticas com o ator Jason Schwartzmann. O curta foi produzido em 2007 pelo diretor Wes Anderson.

Entre Irmãos (2009) e Cisne Negro (2010) trazem a tona mais do lado dramático de Natalie. Sexo sem Compromisso (2011) e Sua Alteza? (2011) seu lado mais cômico – inclusive muitos fãs questionaram a participação dela nesse último, por terem considerado um filme ruim para seus padrões.

Natalie Portman no Oscar 2011
Natalie na cerimônia do Oscar 2011. Foto: REUTERS/Mike Blake/Reprodução

Para dar vida à Nina, em Cisne Negro, Natalie teve que treinar em torno de 8 horas por dia e emagreceu quase dez quilos. Durante as filmagens, Natalie trabalhou com o bailarino e coreógrafo francês Benjamin Millepied. Eles se apaixonaram, ficaram noivos e ela inclusive, subiu ao palco para receber o Oscar de Melhor Atriz por Cisne Negro, grávida do primeiro filho dos dois. Sem dúvidas, seu esforço para representar tão bem em Cisne Negro rendeu grandes resultados para sua vida profissional e afetiva.

Por falar em vida pessoal, Natalie também é adepta de causas sociais e ambientais. Vegetariana desde os oito anos de idade, Natalie luta em defesa dos animais e não usa roupa de couro ou com penas. Em 2007, foi à Ruanda participar de um documentário sobre gorilas e no mesmo ano, lançou uma linha de calçados que não usa matéria-prima animal.

Natalie Portman - Miss Dior
Campanha Miss Dior Chérie com Natalie Portman. © 2011, Dior

Atualmente, Natalie está com 30 anos e vive aquela fase de “mamãe de primeira viagem”. Aleph, que está com 10 meses é hoje o principal argumento da felicidade de Natalie, que se diz uma mulher de sorte por ter um filho e um marido tão amáveis. Natalie também é a atual garota-propaganda da Dior (assita o comercial que foi dirigido por Sofia Coppola e o seu making of). É ou não é uma mulher de sorte?

Entre acertos e erros, mais acertos, diga-se de passagem, Natalie construiu uma carreira sólida e digna de admiração. E sua beleza, que obviamente é algo impossível de não ressaltar, acaba nem sendo o mais importante, pois não é exatamente o que faz a diferença. A boa moça, o mulherão sexy, a garota perturbada, a vingadora, a prostituta, a aprendiz de assassino, a esposa traíra… Não importa qual o papel. Se tem Natalie Portman no filme, pode ter certeza que será sucesso.

Colaboração e Revisão: Felipe Rui.
Referências: Natalie Portman Brasil, Adoro Cinema, Gente iG e Site da Revista Quem.

———————————————————————————————————————————————-

Gabriela SilvaGabriela Silva, mais conhecida como Petit Gabi é uma paraense que já morou em algumas cidades, mas que encontrou seu porto seguro em São Paulo. Uma redatora que adotou a escrita como hobby. Amante de livros, gatos, Chico Buarque e apaixonada por redação. Enfim, uma pessoa comum, que gosta de escrever sobre coisas comuns. Mais do mesmo no Só Vim Pra Escrever, seu blog pessoal. @petitgabi

Compartilhe
AnteriorMacabéa, uma estrela sem céu e sem palco
PróximoSENNA Emotion – Exposição Interativa!

Gabriela Silva, mais conhecida como Petit Gabi é uma paraense que já morou em algumas cidades, mas que encontrou seu porto seguro em São Paulo. Uma redatora que adotou a escrita como hobby. Amante de livros, gatos, Chico Buarque…